O Google Shopping é um ótimo comparador de preço, e o melhor de tudo é que o mesmo tem algumas funcionalidades bem interessantes. Antes os anúncios não apresentavam muitas informações sobre os produtos, assim quando era feita uma campanha CPC (custo por clique), ou seja, o cliente realizava por exemplo uma campanha na qual a cada clique em seu anúncio seria cobrado R$0,10 centavos com a devida relevância atrelada ao anúncios, sem informações os possíveis clientes clicavam no anúncio e somente depois de acessá-lo percebiam que não era o que estavam procurando, mas mesmo assim o custo por clique já havia sido gerado.

      Isto fazia com que em muitos casos os custos fossem gerados e a conversão não, porém atualmente no Google Shopping são apresentadas informações dos produtos como preço, imagem, título, loja e ainda possibilita abrir uma página do Google Shopping onde mais informação são apresentadas sobre os anúncios mesmos sem a necessidade do cliente acessar o anúncio, assim quando clicado em um anúncio gerando o custo, a probabilidade de conversão é muito maior, pois o cliente acessou já sabendo que era o produto desejado com o preço desejado e demais informações já confirmadas.

      Ah! Não podemos esquecer também da publicidade que trás à sua loja e produtos.

      O Google Shopping também tem suas restrições que poderão ser analisadas através deste link que irá te direcionar à página de políticas do Google Shopping. E quanto à sua configuração? Bem, vamos lá:

  • Antes de tudo é necessário que você tenha uma conta criada junto ao Google Merchant Center e tenha também a URL de sua loja reivindicada junto ao Google;
  • Agora acesse em sua plataforma Tray as opções Marketing >> XML de Produtos e clique em Incluir XML;

  • Agora na lista de parceiros poderá utilizar o filtro para localizar o Google Shopping e clique em “Selecionar”;

  • Em “Capturar Produtos” haverá quatro opções para selecionar conforme imagem abaixo;

 

  • Lembrando que ao selecionar a primeira opção não abrirá nenhum campo abaixo para seleção pois terá selecionado automaticamente todos os produtos (ativos), selecionando produtos, marcas ou categorias específicas abrirá uma lista abaixo para poder selecionar quais itens deseja;
  • Após tal seleção será apresentada a opção de preço, podendo escolher “Preço principal de venda do produto” ou “Preço de venda com desconto da forma de pagamento
  • Mais abaixo deverá selecionar se deseja ou não que sejam enviadas as variações dos produtos;

  • Salve e em seguida realize o relacionamento das categorias de sua loja virtual com as categorias do Google Shopping;

Google_Shopping1.png

Importante: Para o segmento de "Moda" as características abaixo são obrigatórias, assim, caso você depare com erros dentro do Google Merchant Center como "age_group" e/ou "gender" ausentes, é preciso que crie as características mencionadas abaixo em seus produtos:

Inclua o primeiro atributo (característica), sendo ele o 'gênero' para corresponder ao "gender", devendo ser preenchido da seguinte maneira (palavras em negrito):
case 'feminino' : 'female'
case 'masculino': 'male'
case 'unissex' : 'unisex'

O segundo atributo (característica) deve ser cadastrado como 'idade' para corresponder ao "age_group," devendo ser preenchido da seguinte maneira (palavras em negrito):
case 'recém-nascido': 'newborn'
case '3 a 12 meses' : 'infant'
case '1 a 5 anos' : 'toddler'
case 'infantil' : 'kids'
case 'adulto' : 'adult'

Aviso: É preciso que seja escrito exatamente conforme acima, caso contrário, o Google não fará a tradução do português para o inglês, o que acarretaria em erros/falhas.

Agora que as configurações dentro a plataforma já foram realizadas com sucesso e o XML de seus produtos foram gerados, chegou a hora de configurar no Google, então vamos lá:

  • Acesse em sua conta Merchant Center as opções Produtos >> Feeds >> + (bola azul) conforme imagem abaixo;

  • Na página aberta selecione o País e clique em continuar;
  • Agora insira o nome do Feed e em seguida selecione a opção "Busca Programada" caso esteja em inglês será "Scheduled Fetch";

  • Na página aberta deverá inserir o nome do arquivo;
  • Selecione a quantidade frequência de busca entre “Diária” “Semanal” ou “Mensal”;
  • Selecione a Hora e em seguida o Fuso Horário;
  • Abaixo em URL do Arquivo deverá inserir o XML gerado em seu painel administrativo Tray para o Google Shopping;
  • Não há necessidade de informar Usuário e Senha, basta clicar em Continuar.

Google_Shopping.png

Pronto, agora as informações dos produtos que estiverem no XML serão capturadas automaticamente pelo Google. Recomenda-se que entre em contato com o Google para verificar se a apresentação dos produtos no Google Shopping também é automática ou se será necessário realizar algum outro procedimento dentro do painel do Merchant Center para que tais produtos sejam apresentados no Google Shopping.

Boas Vendas!

Equipe Tray.

Gabriel Coimbra 
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários

  • Cristiano Pires
    1

    ótimo post, curti a parte de relacionar as categorias, seria bacana ter mais feeds gerando dentro da solução - mais de 1 xml - tem isto e não percebi ainda? Grato.

    Ações de comentário Permalink
  • Tadeu | Bloom Jeans
    1

    Olá, estou com dificuldade para finalizar essa integração. O Google Merchant Center não está aprovando minha lista de produtos, pois está faltando a informação de GTIN. E como meus produtos são de fabricação própria, não tenho GTIN ou EAN. Vi que precisaria incluir um parametro no XML do produto para resolver: (<g:identifier_exists>não</g:identifier_exists>
    Como proceder nesse caso? Existe alguma outra forma?
    Obrigado.

    Ações de comentário Permalink
  • Gabriel Coimbra
    2

    Olá, Tadeu!

    Para que este atributo seja enviado como "False" (não), é preciso que tanto o código GTIN/EAN quando o campo Marca esteja em branco nos produtos, ou seja, não poderá incluir nem EAN e nem Marca nos produtos!

    Att,

    Ações de comentário Permalink
  • Gustavo Henrique Arnosti de Moura Neves
    0

    Bom artigo.
     
    Consegui configurar, mas parece que o google ainda não está exibindo meus itens por falta a informação do frete (apesar de a maioria deles já estarem ativos). 
     
    Existe alguma forma de incluir essa informação no XML? 
    Ou então tem como eu exportar uma tabela de fretes para enviar no google merchant center? 
    Lembrando que eu uso o Frete Fácil de vocês e portanto nem tenho acesso a essa tabela de fretes. Só tenho a tabela da Jadlog, que envia os itens maiores e mais pesados (que o correio não trabalha). 
     
    Obrigado.

    Ações de comentário Permalink
  • Tadeu | Bloom Jeans
    0

    Boa tarde!

    Quanto tempo demora para atualizar o XML da TRAY após fazer alterações no Produtos?
    Fiz uma reorganização da minhas caracteristicas e categorias e agora o catalogo do facebook não sobe mais.

    Apesar de ter todas as caracteristicas preenchidas e todas categorias relacionadas, o facebook não está reconhecendo.


    Alguém poderia ajudar?

    Ações de comentário Permalink
  • Gabriel Coimbra
    0

    Olá, pessoal!
    Gustavo, através da plataforma (via XML) não é possível enviar informações de frete (tabela) para o Google! Caso seja possível, será através do próprio painel do Google.

    Tadeu, o XML deve ser atualizado no mesmo momento, ex: Se acrescentar 10 unidades de estoque no produto X, ao abrir novamente o XML, o mesmo já deverá estar atualizado com a quantidade correta de estoque. Quanto ao Facebook não aceitar o XML, o mesmo estava com instabilidade há alguns dias, porém, para que possa melhor ser verificado, recomendamos que abra um chamado direcionado à nossa equipe do setor de atendimento com prints dos erros.
    Att,

    Ações de comentário Permalink
  • Camila Brandão
    0

    Acho que se for na moda e somente no segmento feminino, não acho obrigatoriedade preencher masculino e unissex como características.

     

    Ações de comentário Permalink
  • Gabriel Coimbra
    0

    Olá, Camila!
    São regras estipuladas pelo próprio Google, caso esteja tentando cadastrar seus produtos no Google Shopping sem estas informações e o próprio Google está retornando falha sobre a falta destes itens, então será preciso que cadastre tais itens, caso não sejam obrigatórios para o cadastro que está realizando, então poderá enviar sem e os produtos serão aceitos normalmente.. Lembrando que são regras do próprio Google, e não da plataforma Tray.

    Att,

    Ações de comentário Permalink
  • Camila Brandão
    0

    Oi Gabriel,

    Então para eu prosseguir esse procedimento eu preciso alterar as características, e não preciso editar nada no Google Shopping no XML de Produtos, certo?

    Ações de comentário Permalink
  • VistaSeuBebe
    0

    Bom dia. Meus anuncios do google shopping nao estao sendo aprovados devido a esse erro:

    Reprovado: Requisitos de imagem em anúncios de demonstração no Shopping
     
    As dimensoes estao OK.
    Alguem sabe me dar um exemplo de imagem que aceitam?
    Ações de comentário Permalink
  • João Paulo Ribeiro
    1

    Para quem esta com erro no GTIN ou EAN por falta deles, eu estou vendendo os meus que tenho sobrando que comprei justamente por isso. Quem precisar me manda um email, jpjp_ribeiro@hotmail.com

    Ações de comentário Permalink
  • Aflui
    0

    Olá eu só não entendi a última parte, onde preciso colocar o nome do arquivo, que arquivo é esse e onde eu encontro o nome do arquivo? obrigado

    Ações de comentário Permalink
  • Gabriel Coimbra
    0

    Olá,

    Não é preciso inserir o nome do arquivo e sim inserir a URL do arquivo!

    Você cria e consegue a URL do mesmo em Marketing >> XML de Produtos.

    Att,

    Ações de comentário Permalink

    Artigos nessa seção

    Desenvolvido por Zendesk