Já possui uma loja virtual, mas ainda não anuncia nos marketplaces? Acredite, não faltam bons motivos para começar a comercializar nestes canais, conquistar mais clientes, e dar ainda mais visibilidade para o seu e-commerce. 

    E caso você, lojista, já tenha algumas integrações ativas, veremos neste artigo algumas dicas para aumentar as suas conversões. 

Mas afinal, o que é Marketplace?:

    Os marketplaces são grandes canais de vendas que permitem a venda de produtos de terceiros. Ou seja, é uma vitrine que autoriza diferentes lojistas a exporem seus produtos, e consequentemente, vendê-los. Nele, toda a intermediação é realizada pelo próprio marketplace.

    Pode ser que você nunca tenha ouvido falar sobre o termo marketplace, mas com certeza já deve ter visitado um: Mercado Livre, Amazon, Americanas, Magazine Luiza, entre outros, são exemplos de marketplaces. 

Quais as diferentes entre Marketplaces e Loja Virtual?:

    A loja virtual é um canal de vendas de uma única marca, um único modelo de negócio com estrutura própria. O lojista cria a loja e passa a administrá-la como bem entender: realizar campanhas de marketing, trabalhar sua identidade visual, organizar as vitrines, cadastrar produtos e categorizar, escolher as formas de pagamento e formas de envio, entre outras possibilidades. 

   Já os marketplaces possibilitam que vários lojistas vendam seus produtos em seus canais, porém sempre seguindo os padrões estabelecidos pelo marketplace específico. Ao comercializar neste canal, você irá utilizar a plataforma de vendas do marketplace. 

As vantagens de anúnciar em Marketplaces:

  • Alcance e Visibilidade: Dos marketplaces citados anteriormente (Mercado Livre, Amazon, Americanas e Magazine Luiza), já imaginou os milhares de acessos que esses canais recebem diariamente? Suponhamos que sua operação tenha começado recentemente, não seria ótimo poder contar com a força que esses canais possuem para que você possa expor os seus produtos? Dessa forma, impactar novos clientes será muito mais fácil; 
  • Confiança e Credibilidade: Por terem tanto prestígio, esses marketplaces transmitem credibilidade e confiança, o que acaba influenciando positivamente na tomada de decisão de compra do cliente, afinal, ele sabe que será amparado caso algum incidente aconteça;
  • Ausência de estruturações específicas e Investimento: Ao contrário da loja virtual, quando você integra com um marketplace, não há necessidade de configurar, por exemplo, meios de pagamento e formas de entrega. A infraestrutura completa é por conta do canal. Um outro ponto positivo é o baixo investimento, uma vez que você literalmente precisa apenas negociar a comissão com o marketplace em questão. Feito isso, é só anunciar os seus produtos;
  • Publicidade, Tráfego Pago e Orgânico: Os marketplaces investem consideveralmente em publicidade. De SEO até mesmo links patrocinados, esse tipo de ação claramente contribui na visibilidade da sua loja virtual. Mas atenção: não é porque o marketplace faz esse tipo de investimento que você deve ignorar as técnicas de SEO em seus produtos;
  • A Tray não cobra comissão dos planos atuais pelos pedidos realizados: Os planos lançados no dia 27/04/2022 não possuem mais a cobrança de 1% nos pedidos realizados via marketplace. Caso tenha contratato o seu plano antes desta data, poderá realizar a migração através do "Minha Tray";

Quais os Marketplaces a Tray possui integração?

    A Tray conta com inúmeras integrações para você anunciar os seus produtos e vender muuuuito. Veja abaixo a listagem desses marketplaces com os respectivos artigos com o passo a passo para a integração:

    Como mencionamos, recomendamos que entre em contato com o marketplace para saber mais sobre as taxas cobradas. 

O que fazer para vender mais nos marketplaces?

    Como visto no começo deste artigo, os marketplaces possibilitam que diferentes lojas e marcas anunciem os seus produtos. Por isso, devido a concorrência, existem algumas práticas e dicas para você sair na frente:

  • Categorize os seus produtos corretamente: Uma categorização adequada é indispensável, afinal, é a partir dela que os seus clientes conseguirão encontrar o seu produto. Além disso, boas categorizações influenciam no ranqueamento do seu marketplace. Imagina só você aparecer nas primeiras posições do Mercado Livre, por exemplo...
  • SEO: Já que mencionamos ranqueamento, não tem como não citar o SEO. Assim como na loja virtual, as técnicas de SEO também se aplicam nos marketplaces. Por isso, utilize palavras-chave, capriche nos títulos, preencha todas as características dos produtos, utilize URLs amigáveis e otimize as suas imagens; 
  • Produza fotos que convertam: As imagens são atributos que você realmente precisa caprichar! Explore todos os ângulos e faça do seu produto o elemento principal. Lembre-se: o primeiro contato se dá através das fotos que estão atreladas ao produto;
  • Quanto mais informações, melhor: Capriche nas descrições e especificações! Os marketplaces prezam pelo cadastro de atributos, especificações e descrições. Esses requisitos possuem relação direta com a qualidade dos anúncios, por isso, invista energia nessa etapa 
  • Otimize os seus anúncios constantemente: Esteja sempre de olho nos indicadores dos seus anúncios. São eles que lhe informarão sobre a qualidade dos mesmos, e claro, o que você pode fazer para melhorá-los. A Tray disponibiliza uma ferramenta para você acompanhar a saúde dos seus anúncios. Saiba mais aqui;
  • Atente-se a Concorrência: Esse processo é importantíssimo, independente do canal. Analise como a concorrência está se posicionando, seus anúncios, e principalmente, se os preços estão competitivos. Realize esse planejamento, esse diagnóstico sobre a concorrência é um processo indispensável para sua loja se destacar nos marketplaces. 

    Como podemos ver neste artigo, diversificar canais pode ser a virada de chave para o seu negócio. Além disso, anunciar os seus produtos nos marketplaces é uma oportunidade e tanto para atrair e conquistar novos clientes, pois esses canais recebem milhares de acessos qualificados diariamente. 

    Podemos concluir também que, através de um bom planejamento e estratégias alinhadas, existem vários pontos que podemos otimizar para ter bons resultados nos marketplaces. 

Boas Vendas!

Equipe Tray.

Qualidade 
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários

    Powered by Zendesk